• SOBRE O CENTRO
  • FALE CONOSCO
  • SAC
  • INTRANET
  • A Cardiologia do Hospital Santa Catarina de Blumenau

    Como Agendar Exames Cardiológicos: (47) 3231-0200 - 3231-0201 / Consultório: (47) 3231-0240 / Hemodinâmica: (47) 3231-0230 / Medicina Nuclear: (47) 3231-0210

    Via WhatsApp Consultas: (47) 98407-8439 / Exames: (47) 98407-3430 / Cintilografias: (47) 99973-4240 / Cateterismo, Angioplastia, Ablação: (47) 99652-4762

  • Exames e Serviços

    Confira aqui a relação

  • Convênios/Parcerias

    Consulte as coberturas

  • Canais

    Veja mais informações

  • Fale Conosco

    Entre em contato conosco

  • Canais / Dúvidas
    Compartilhe /

    Existe risco para realizar um exame de esteira (Teste Ergométrico)?

    Sim, muito pequeno, mas existe. Todo exame que leva o coração ao estresse, ou seja, que exija mais dele, tem risco. Porém, é importante lembrar que este risco é menor na esteira com paciente monitorado quando comparado à prática de exercícios físicos cotidianos sem monitorização ou orientação, mesmo que nada sinta. Além disto, existe toda uma rigorosa rotina específica de cuidados antes, durante e depois do exame para evitar qualquer complicação e realizar o teste da forma mais confortável e eficaz possível.

    Qual a diferença entre Pronto Socorro do Coração (PSC) e Unidade de Dor Torácica (UDT)?

    A partir da década de 90, tornou-se padrão nos Estados Unidos da América que todo paciente com dor no peito seja avaliado de forma sistemática  em Unidade de Dor Torácica (UDT). Não apenas com eletrocardiograma, mas também com observação e coleta de exames complementares. As UDTs são unidades especializadas no atendimento de pacientes com suspeita de infarto, em que o sintoma principal é a dor no peito. Neste espaço, o paciente que não sofreu nenhum tipo de trauma físico que justifique a dor, tem prioridade no atendimento e a equipe assistencial segue protocolos clínicos  onde a rapidez e a eficiência no atendimento são preponderantes.